Início Blog

5 Boas Práticas para cuidar de seu Inversor Fotovoltaico.

Tutorial: Qui, 27 de Fevereiro de 2020, 12:00:00

 

 

O Inversor Fotovoltaico, ou solar, é um dos principais equipamentos que fazem parte do sistema de geração solar fotovoltaico de residências e industrias. Sua principal função é converter a corrente contínua (CC) para corrente alternada (CA), que é utilizada nos equipamentos elétricos do dia-a-dia.

Um Inversor grid tie, imagem abaixo, também possui o papel de garantir a segurança de todo o sistema solar fotovoltaico e também monitorar seu desempenho. Os dados deste monitoramento são enviados para o aplicativo de geração que poderá ser acompanhado todos os dias.

O inversor não exige muitos cuidados, e o mesmo normalmente funciona de forma silenciosa por toda sua vida útil.
Para auxiliar na boa conservação de seu inversor, a SolarPro Engenharia fez um levantamento de 5 boas práticas para garantir a durabilidade e para que o inversor trabalhe perfeitamente durante toda sua vida útil.

 

Foto de homem implementando espuma de isolamento termico,
Foto da Instalação de um Inversor Solar Fotovoltaico. Foto: SolarPro Engenharia

 

 

Mantenha o ambiente do inversor bem ventilado e em temperatura ambiente.

 

Todo equipamento elétrico deve trabalhar em temperatura ambiente. Eletrônicos se trabalharem em altas temperaturas, podem sofrer redução na vida útil do equipamento ocasionada pelo calor.

É recomendável que o Inversor sempre esteja em um ambiente seco e bem ventilado. O equipamento, instalado verticalmente em uma parede, deve ter uma distância mínima de afastamento ao seu redor para que o ar circule pelo sistema de resfriamento. Não coloque objetos ou barreiras físicas próximo ao inversor.

Falando em ambientes hostis, não guarde no mesmo ambiente que o inversor produtos químicos ou de natureza corrosiva, principalmente em local fechado. Estes normalmente passam por um leve processo de evaporação, contaminando o ar e danificando o equipamento.

 

 

Pontos de aquecimento no inversor.

 

Uma forma de detectar possíveis problemas com o Inversor Fotovoltaico é observar a presença de pontos quentes. A presença de áreas com calor excessivo pode significar pequenos problemas elétricos, que o quanto antes forem identificados, menor será o impacto sobre o equipamento.

Outra forma de identificar é utilizando câmeras infravermelhas para identificar problemas internos, difíceis de detectar de forma externa. Empresas especializadas podem realizar este processo, sendo recomendado pelo menos uma vez ao ano.

 

 

Condutores do inversor.

 

Com cuidado, certifique-se de conferir se todos os cabos conectados ao seu Inversor estejam bem firmes, não apresentando folgas nas conexões que chegam dos módulos solares ou que saem para o quadro geral do imóvel.

Folgas nos condutores, e até mesmo a utilização de emendas, podem resultar em fuga de corrente. Gerando calor excessivo, comprometendo a geração de energia e podem causar acidentes.

 

 

Ventilação interna do inversor.

 

No primeiro ponto deste guia explicamos que o ambiente deva estar bem ventilado, mas de nada adianta se a ventilação do inversor não estiver operando corretamente.

"Não coloque objetos ou barreiras físicas próximo ao inversor."

Certifique-se que não existe nenhuma barreira ou objeto próxima das saídas de ar do inversor. Observe também a presença de poeira ou qualquer tipo de sujeira que possa afetar a circulação de ar. É recomendável limpar o inversor ocasionalmente, limpando apenas as saídas de ar ou até mesmo contratando um profissional da área. Falando em coolers, preste atenção para qualquer tipo de barulho vindo do equipamento. Inversores Fotovoltaicos não são barulhentos, e a presença de ruídos estranhos podem significar problemas no sistema de ventilação interno.

 

 

Conexão de Internet.

 

Esta dica é importante: Mantenha seu inversor corretamente conectado à internet.

Dessa forma você terá acesso a todos os dados de geração de energia, mas também facilita a manutenção do equipamento, pois o inversor poderá enviar sinais de alerta caso detecta alguma desconformidade.

É recomendável manter o sinal em perfeitas condições para que o inversor alimente o aplicativo de geração com os dados corretos. Se o sinal de Wi-Fi não for possível, recomenda-se instalar por cabo de rede (RJ45). Evite também realizar a troca de senhas de acesso: todo o sistema terá que ser reconfigurado para funcionar novamente.

O lado bom é que mesmo se cair a conexão de internet o sistema opera normalmente e não deve afetar sua geração de energia. Mas sem o aplicativo de geração não será possível identificar se o sistema solar fotovoltaico está funcionado corretamente.

Banner guia boas praticas 01

COMENTAR

6 Comentário(s)

Solarpro engenharia

Postado Qua, 15 de Julho de 2020, 11:45:54

É normal sim que inversores tenham um barulho parecido com um ruído. Normalmente mais forte próximo do meio dia ,que é o horário onde os módulos fotovoltaicos estão gerando mais energia, e nenhum barulho/muito baixo no período da noite, onde o inversor se mantém inativo ou até mesmo desligado dependendo do modelo. O inversor em si não mostra o nível de ruído, mas o manual do produto normalmente informa o ruído médio. Você pode consultar o manual com o síndico do seu prédio ou até mesmo pesquisando o modelo no site do fabricante do inversor. Novamente, isso é apenas uma média, que depende do horário do dia e de outros fatores como o ambiente, espessura e largura de paredes, etc. Para ter uma laudo concreto de quanto ruído, em decibéis, está sendo feito é necessário contratar uma empresa especializada para medição.

Rafaela

Postado Qua, 15 de Julho de 2020, 00:55:15

Boa noite. Instalaram painéis fotovoltaicos no meu prédio. Moro na cobertura e tenho ouvido um ruído/zumbido constante, que está me enlouquecendo. Como posso conferir os decibéis do inversor fotovoltaico?

Solarpro engenharia

Postado Qua, 04 de Março de 2020, 09:00:20

Olá Marcos Paulo Mendes Machado É normal o inversor fazer um barulho um pouco mais agudo durante o horário de pico. Mas para um Inversor corretamente instalado no lado externo da casa, não chega a ser um barulho que incomoda os residentes.

Marcos paulo mendes machado

Postado Ter, 03 de Março de 2020, 19:14:36

Nos horários de pico de produção, 12.00 horas por exemplo o cooler do inversor faz barulho se tiver um dia muito quente?

Solarpro engenharia

Postado Ter, 03 de Março de 2020, 08:15:36

Olá Alenilson Estamos em Pomerode/SC.

Alenilson

Postado Seg, 02 de Março de 2020, 16:48:51

A Empresa fica em qual Cidade?