Início Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

Trás considerável redução na fatura de energia elétrica e acaba por ser uma energia limpa e sustentável.
O retorno do investimento varia de acordo com cada sistema instalado, geralmente em torno de 4 a 6 anos, pois, temos alguns fatores como a região e eficiência por exemplo.
 
Desde que a instalação seja feita de maneira correta, não há riscos. Seguimos todas as normas técnicas na elaboração dos projetos e instalação. Fazemos também uma análise das instalações atuais e sugerimos melhorias, quando constatamos não conformidade às normas. 
A não ser que ocorram surtos elétricos ou danos físicos, como queda de objetos, raramente um sistema fotovoltaico apresentará problemas. Normalmente a manutenção se resume a uma lavagem periódica dos módulos para remoção do excesso de poeira. A frequência vai depender de diversos fatores, como quantidade de sedimentos que se acumulam na localidade, épocas do ano, inclinação dos módulos etc.

São as seguintes:

  • 12 meses de garantia da instalação do sistema, mantendo-nos à disposição para corrigir possíveis problemas relacionados à instalação, desde que não haja intervenção de terceiros;
  • 5 a 7 anos para os inversores, a depender da marca. A expectativa de vida útil varia entre 10 e 20 anos, dependendo do regime de trabalho e do ambiente onde foi instalado.
  • 10 a 12 anos para os módulos fotovoltaicos contra defeitos de fabricação e 25 anos para 80% da potência nominal. A expectativa de vida útil fica entre 30 e 40 anos.
É necessário que seja elaborado um projeto elétrico seguindo as normas estabelecidas pela concessionária e assinado por engenheiro eletricista, acompanhado das ARTs, e instalado por uma empresa com registro no CREA. Os equipamentos principais da instalação (módulos fotovoltaicos e inversores) precisam do selo do INMETRO ou certificação internacional. Após a aprovação do projeto é feita uma vistoria e a substituição do medidor unidirecional por outro bidirecional, capaz de computar a energia que sai e a que entra na unidade consumidora. A partir daí sua micro usina estará participando do sistema de compensação de energia.
Loja
Fale