Início Blog

Não pise em seu painel fotovoltaico! Cuidados com a manutenção de seu sistema.

Energia Solar: Sex, 06 de Setembro de 2019, 12:00:00

Os módulos fotovoltaicos, conhecidos também como painéis solares, são fabricados com o objetivo de serem extremamente resistentes. Seguindo diversos padrões internacionais de qualidade que incluem resistência a chuva de granizo, peso de neve, chuva forte e calor.
Tudo para garantir a eficiência da geração de energia do seu sistema em condições normais de uso dentro do período da garantia, que neste caso, não incluem alguém caminhando por cima deles.

Dúvidas sobre energia fotovoltaica? Entre em contato conosco.

 

Posso andar em cima de um painel fotovoltaico?

 

Não. Não pode andar em cima de sistemas fotovoltaicos.
Apesar do painel aparentemente aguentar o peso de um adulto sem aparentar danos ou deformidade, as células fotovoltaicas que ficam abaixo da proteção de vidro são extremamente frágeis e podem ser danificadas quando aplicado muita força em um único ponto do módulo.

 

 

Como demonstra o “teste” acima, o material é frágil. FONTE: NREL Learning; Gerado via GIPHY

 

 

Ao pisar, se ajoelhar ou colocar peso em cima de um módulo, a tendência é criar microfissuras na célula fotovoltaica. Invisíveis ao olho nu, estas microfissuras causam pequenos curto circuitos nas células fotovoltaicas, não só afetando o desempenho do módulo mas gerando calor o suficiente para danificar a célula e área ao redor.

Estes pontos de alta temperatura são chamados “pontos quentes”, ou Hotspots. Causada, principalmente, pela divergência de correntes elétricas geradas pelas células fotovoltaicas associadas em série devido a danos físicos ou sombras no sistema. Este superaquecimento pode causar tanto o derretimento de peças internas do módulo, descoloração do módulo, derretimento da camada de vidro e em casos extremos, incêndio.

"Não. Não pode andar em cima de sistemas fotovoltaicos."

Uma vez que o problema já existe, os pontos quentes só podem ser detectados através do processo de termografia, um profissional capacitado utiliza uma câmera de infravermelho para detectar a formação de “pontos quentes” nos módulos em pleno funcionamento.

Para observar as microfissuras o processo se torna um pouco mais complicado. É necessário observar os painéis através de um teste de eletroluminescência, para conseguir gerar imagens visíveis ao olho das microfissuras. Equipamentos capazes de gerar este teste são caros, e normalmente são apensa usados em fábricas de módulos fotovoltaicos para controle de qualidade dos produtos.

No vídeo abaixo, realizado por pesquisadores, demonstra o que acontece quando alguém pisa em um módulo fotovoltaico. No vídeo os pesquisadores, através de eletroluminescência, gerar imagens de como o painel é danificado quando se anda em cima dele.

 

 

Microfissuras ao caminhar no módulo. Fonte: FONTE: NREL Learning

 

 

É importante apontar que, além das microfissuras nas células fotovoltaicas, qualquer imperfeição no vidro que protege o painel também pode causar o aparecimento de pontos quentes. Pequenas batidas, aranhões, fezes de pássaros e até mesmo poeira podem vir a longo prazo causar danos ao sistema. Estes últimos normalmente são lavados na chuva, que é abundante na maior parte das cidades brasileiras, mas mesmo assim é de-vese realizar a limpeza do sistema ao menos uma vez ao ano.
Recomenda-se também a realizar o teste de termografia de tempos em tempos para identificar pontos quentes e substituir módulos defeituosos.

 

 

 

Cuidados com seu sistema fotovoltaico

 

Apesar da baixa necessidade de manutenção dos módulos, alguns cuidados são recomendados para garantir a vida útil do equipamento:

  • Adquira material de fornecedores confiáveis: É muito difícil detectar problemas nos módulos antes de eles serem instalados. É recomendável comprar seus módulos de fabricantes que seguem normas internacionais de qualidade, pois além da eficiência todos os painéis precisam passar por testes rigorosos para garantir que não tenham nenhum tipo de microfissura na saída da fábrica.
  • Transporte: Módulos Fotovoltaicos são frágeis e requerem cuidado redobrado para transporte, tanto para fornecimento quanto para instalação.
  • Cuidados com o manuseio e instalação: É necessário observar alguns cuidados com o manuseio do material, pois o time de instaladores deve ter cuidado redobrado para não aranhar o material durante o manuseio. Também é importante seguir as instruções de cada fabricante referente a como montar os módulos na estrutura, pois o encaixe nos locais incorretos pode danificar desde as células até rachar o vidro.
  • Instalador capacitado: Um time treinado e orientado também é importante para garantir a qualidade da instalação. Você já entendeu que não se deve nem pisar, nem colocar os joelhos ou qualquer tipo de pressão em cima dos painéis. O descuido do instalador pode afetar o desempenho do sistema além de causar acidentes.
Postagem conte%c3%bado guias e tutoriais tamanho854x560

COMENTAR

0 Comentário(s)